A técnica do Cone Chinês é utilizada para a desobstrução dos ouvidos. É uma antiga sabedoria redescoberta pois é uma espécie de remédio para limpar o cerume e purificar o canal auditivo. Com origem entre os povos indígenas, tornou-se popular na Índia e é muito aplicada na Medicina Ayurvédica. O Cone Chinêas é constituído por uma peça cônica feita com cera de abelha, cuja ponta é colocada na borda do ouvido. No lado oposto acende-se fogo, criando um vácuo que removem resíduos e cerume. O procedimento é completamente seguro. O cerume é composto de descamação, de secreção sebácea e do produto de glândulas cerimoniosas. Em excesso, pode obstruir o canal auditivo causando dor e outros problemas.

Indicações para a aplicação do Cone Chinês

a) Surdez súbita e perda de audição causada por excesso de cerume;
b) Dor de ouvido;
c) Coceira e prurido;
d) Rinites, sinusites e otites;
e) Tonturas e vertigens sem causas definidas e alguns casos de zumbido nos ouvidos;
f ) Excesso de mucosidade (ouvido, nariz e garganta);
g) Higiene dos ouvidos;
h) Enxaquecas;
i) Para ativar a circulação nos ouvidos;

Contra-indicações
a) Processos cirúrgicos recentes;
b) Perda de audição congênita;
c) Tumores e cistos no ouvido.

O procedimento também é utilizado com sucesso para clarear a mente, aguçar os sentidos e aflorar a sensibilidade, pois promove um reequilíbrio sensorial apurando os sentidos e melhorando a visão